Últimas Notícias


Exmos Senhores Dirigentes dos grupos associados a Federação do Folclore Português


O Festival de Folclore Mundo em Dança, sediado na cidade de Espumoso/RIO GRANDE DO SUL – Brasil, organizado pelo GruPesquisa e AnDanças Sepé Tiaraju no período de 05 a 20 de setembro de 2018 é uma mostra de folclore, com espetáculos dança e música, oficinas, apresentações em palcos alternativos, desfiles, visitas oficiais, intercâmbio, passeios e shows na cidade de Espumoso e outras cidades parceiras deste projeto, aberta à manifestação folclórica ou tradicional de grupos de dança dos estados do Brasil e de outros países.
Limite máximo de pessoas:

- Grupo com música ao Vivo: 25 (vinte e cinco) pessoas incluindo diretores, músicos, dançarinos, pessoal de apoio, etc.

- Grupo com música ao Vivo: 17 (dezessete) pessoas incluindo diretores, músicos, dançarinos, pessoal de apoio, etc.

Se, por necessidade do grupo, o limite máximo de pessoas for ultrapassado, será cobrada uma taxa de participação no valor de US$ 120,00 (cento e vinte dólares americanos), por pessoa excedente.

Para a candidatura será necessário o seguinte material:
- Carta official do grupo mencionando Nome completo do grupo, endereço, estado, país, email e telefone;
- Nome completo do diretor, documento de identidade, email e telefone.
- Breve histórico do grupo em Português ou Espanhol;
- 05 (cinco) fotos em alta resolução, em formato JPG, indispensáveis para a divulgação do evento, ficando desde já autorizada a divulgação das mesmas;
- Vídeos com imagens da atuação do grupo ou links do Youtube.

Limite candidaturas: 31/01/2018.

RESPONDABILIDADE DOS GRUPOS SELECIONADOS
- Os grupos selecionados deverão apresentar o mais rápido possivel:
- CARTA COMPROMISSO no prazo máximo de 05/06/2018;
- FICHA DE INSCRIÇÃO – contendo nome completo, data de nascimento, número de RG (nacionais) ou passaporte (internacionais) e função no grupo, no prazo máximo de 20/07/2018;
- Comprovante de contratação de empresa de locomoção (terrestre ou aéreo), num prazo máximo de 20/07/2018, sob pena de exclusão da seleção;
- Relação de instrumentos utilizados pelo grupo e necessidades técnicas (rider);
Além disso, os grupos selecionados deverão:
- Trazer material cênico (trajes folclóricos, instrumentos musicais, entre outros) necessário para sua apresentação.
- Entregar release da apresentação do grupo, num relato entre 05 e 20 linhas, COMUNICADO 01/2018 “MUNDO EM DANÇA” RIO GRANDE DO SUL – BRASIL 05 A 20 DE SETEMBRO 2018
FEDERAÇAO DO FOLCLORE PORTUGUES
escrito em português, que será obrigatoriamente lido pelos apresentadores oficiais do Festival;
- Entregar descrição do repertório, (nome das músicas e autores e/ou mencionar se são de domínio público) para envio aos órgãos responsáveis pela fiscalização de direitos autorais;
- Trazer 01 (uma) Bandeira Oficial do país ou estado de origem para utilização dos protocolos nos dias de espetáculo;
- Realizar apresentações diárias, em espaços alternativos, como praças, escolas, empresas, outras cidades e no palco principal conforme indicação da organização e agenda oficial do Festival de Folclore Mundo em Dança 2018.
- Responsabilizar-se pelos gastos com transporte de seu lugar de origem/destino (ida e volta);
- Chegar à cidade de Espumoso/RS - Brasil (transporte via terrestre) ou no aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre/RS – Brasil (transporte aéreo), no dia 05/09/2018 e retornar ao seu lugar de origem no dia 21/09/2018 até o meio dia.

O Festival de Folclore Mundo em Dança 2018 NÃO se responsabiliza com os grupos que não cumpram com o dia e horário e local de chegada estabelecido pela Comissão Organizadora.
Atenção: Recomendamos aos grupos que façam seguro-saúde, visto que a Organização nao se responsabiliza por despesas hospitalares, como cirurgias e/ou compra de medicamentos.


RESPONDABILIDADE DA ORGANIZAÇAO DO FESTIVAL
- Alojamento: Para até 25 (vinte e cinco) componentes de cada grupo selecionado, exceto os grupos residentes no município de atuação; a acomodação poderá ser em dormitórios ou alojamentos coletivos;
- Alimentação: Café da manhã, almoço e jantar no período do evento, com horários pré- determinados;
- Transporte Terrestre: Desde o aeroporto até os alojamentos e vice-versa, assim como todo o translado para atender toda programação do festival;
- Infraestrutura: O Festival fornecerá a estrutura técnica de base (iluminação, sonorização e camarins);
- Passeios turísticos: Todos os grupos convidados serão acompanhados em passeios pontos turísticos locais durante a sua estada;
- Guia ou Intérprete: O grupo será acompanhado desde sua chegada ao evento por um membro do Festival que servirá como intérprete no idioma optado pelo Grupo, quando de sua confirmação de inscrição;

Em caso de interesse, agradecemos envio de historial, fotos e link de video para o Gabinete de Relações Internacionais (internacional@ffp.pt) ou secretaria da FFP (secretaria@ffp.pt)


Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com elevada estima e consideração
Responsável do Gabinete de Relações internacionais da FFP
Carla Meira 

Gabinete de Relacoes Internacionais - Brasil

 

 Caros amigos folcloristas,

No dia 8 de janeiro, a direção da FFP completou um gratificante e laborioso ano de mandato tendo-se firmado passos resolutos na afirmação, credibilização e crescimento institucional amplamente ambicionado por nós todos. Podemos, hoje, afirmar, convictamente, que o nosso movimento se tornou mais plural, dinâmico e reconhecido.

Para tal, trabalhámos em equipa: órgãos sociais, estruturas descentralizadas e conselheiros técnicos, colaboradores(as), agentes culturais associados e não associados, instituições congéneres, assim como paceiros políticos e empresariais à descoberta de novas possibilidades, novas potencialidades, novas abordagens e novos projetos impulsionadores e amplificadores da nossa missão institucional… da nossa mensagem.

De igual modo, trabalhámos com abertura democrática procurando envolver todos os agentes culturais na construção da nossa instituição e da sua missão cultural dando-lhes voz ativa nos destinos do movimento e na conceção das diversas ferramentas de trabalho enquanto procurámos maior proximidade com as nossas bases: os grupos de folclore.

Nem todos os objetivos foram alcançados da melhor forma. Ficaram ainda algumas ambições por concretizar. Não obstante, em contrapartida, muitos foram os êxitos que nos encheram de orgulho e satisfação tornando o ano de 2017 um momento onde foi possível retirar preciosas aprendizagens permitindo traçar melhorias significativas onde necessário.

A instituição cresceu em várias frentes admitindo novos associados, criando protocolos de cooperação com outras instituições e federações, criando novos CTRs em regiões/países desprovidas destas estruturas, celebrando acordos/protocolos de cooperação, realizando consultas públicas e inquéritos de satisfação aos associados, melhorando e criando condições financeiras vantajosas para os associados em diversos setores (seguros, transportes e combustíveis), realizando reuniões de direção descentralizadas pelo território nacional, produzindo documentação estruturante para o movimento, promovendo formação diversa dispersa por todo o território nacional e além-fronteiras, reunindo com as diversas tutelas, consolidando financeiramente a instituição, melhorando e tornando os procedimentos administrativos e financeiros mais transparentes e funcionais…

Sem grande aprofundamento, quisemos, neste momento, dar conta do trabalho desenvolvido e agradecer a todos aqueles que de qualquer forma se associaram a este projeto e contribuíram para construir este caminho renovado edificando uma federação de todos e para todos, rumo aos desafios do futuro.

Bem-hajam!

A direção da Federação do Folclore Português

Um ano de mandato