Últimas Notícias


Nota Informativa

Integrado no programa de celebração do jubileu de prata da Federação das Colectividades de Cultura e Recreio do Concelho de Santa Maria da Feira, “Numa Noite Um Ano Inteiro” será apresentado no Auditório do Europarque, no dia 24 de novembro, pelas 21h45.

Espetáculo criado de raiz pela Área de Folclore e Etnografia da Federação das Colectividades, no âmbito do projeto Feira com Tradições, com encenação de Carlos Reis e o apoio da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, “Numa Noite Um Ano Inteiro” propõe-se arquitetar de forma vibrante um espaço de memórias, onde se resgatará o passado a partir do presente, preservando-se e divulgando-se a sabedoria e cultura tradicional e popular, nos seus usos e costumes, valorizando-se essas inestimáveis referências identitárias e reanimando-se a memória coletiva. Assim sendo, levar-se-ão a cena as vivências mais significativas do povo, durante um ano, num conjunto de quadros que abrangerão representações desde o tempo de Reis até à quadra do Natal.

“Numa Noite Um Ano Inteiro” é, portanto, o assumir de um compromisso que honra algumas das maiores e mais significativas riquezas das nossas gentes: o património cultural imaterial e a herança histórica concelhios, enquanto expressão da nossa identidade local, assim como o nosso sentido de coesão e de comunidade e os inquestionáveis valores ancestrais que queremos acolhidos por entre as mãos das gerações vindouras.

De igual forma, representa uma oportunidade de confraternização entre os diversos grupos da área do Folclore e Etnografia do concelho, oferecendo-lhes momentos de partilha de experiências, valores e saberes; e congregando-se, assim, o tecido folclórico e etnográfico concelhio, estar-se-á, igualmente, a engrandecer ainda mais a prática do Folclore, com verdade e autenticidade, e a alargarem-se as fronteiras geográficas da alma feirense.

Os bilhetes encontram-se já à venda, na Federação das Colectividades de Santa Maria da Feira, junto dos Grupos de Folclore participantes do concelho, no sítio www.bol.pt e na Loja Interativa do Posto de Turismos da Câmara Municipal, pelo valor de 6€, até ao dia 5 de novembro. A partir dessa data, o valor do bilhete passará a ser de 8€.

Grato pela atenção prestada, com os melhores cumprimentos.

 

Afonso de Jesus

ederação das Colectividades de Cultura e Recreio do Concelho de Santa Maria da Feira

Nota Informativa ::: "Numa Noite Um Ano Inteiro"

 

 Caros amigos folcloristas,

No dia 8 de janeiro, a direção da FFP completou um gratificante e laborioso ano de mandato tendo-se firmado passos resolutos na afirmação, credibilização e crescimento institucional amplamente ambicionado por nós todos. Podemos, hoje, afirmar, convictamente, que o nosso movimento se tornou mais plural, dinâmico e reconhecido.

Para tal, trabalhámos em equipa: órgãos sociais, estruturas descentralizadas e conselheiros técnicos, colaboradores(as), agentes culturais associados e não associados, instituições congéneres, assim como paceiros políticos e empresariais à descoberta de novas possibilidades, novas potencialidades, novas abordagens e novos projetos impulsionadores e amplificadores da nossa missão institucional… da nossa mensagem.

De igual modo, trabalhámos com abertura democrática procurando envolver todos os agentes culturais na construção da nossa instituição e da sua missão cultural dando-lhes voz ativa nos destinos do movimento e na conceção das diversas ferramentas de trabalho enquanto procurámos maior proximidade com as nossas bases: os grupos de folclore.

Nem todos os objetivos foram alcançados da melhor forma. Ficaram ainda algumas ambições por concretizar. Não obstante, em contrapartida, muitos foram os êxitos que nos encheram de orgulho e satisfação tornando o ano de 2017 um momento onde foi possível retirar preciosas aprendizagens permitindo traçar melhorias significativas onde necessário.

A instituição cresceu em várias frentes admitindo novos associados, criando protocolos de cooperação com outras instituições e federações, criando novos CTRs em regiões/países desprovidas destas estruturas, celebrando acordos/protocolos de cooperação, realizando consultas públicas e inquéritos de satisfação aos associados, melhorando e criando condições financeiras vantajosas para os associados em diversos setores (seguros, transportes e combustíveis), realizando reuniões de direção descentralizadas pelo território nacional, produzindo documentação estruturante para o movimento, promovendo formação diversa dispersa por todo o território nacional e além-fronteiras, reunindo com as diversas tutelas, consolidando financeiramente a instituição, melhorando e tornando os procedimentos administrativos e financeiros mais transparentes e funcionais…

Sem grande aprofundamento, quisemos, neste momento, dar conta do trabalho desenvolvido e agradecer a todos aqueles que de qualquer forma se associaram a este projeto e contribuíram para construir este caminho renovado edificando uma federação de todos e para todos, rumo aos desafios do futuro.

Bem-hajam!

A direção da Federação do Folclore Português

Um ano de mandato